2 de fevereiro de 2022

ASTON MARTIN

 

A Aston Martin F1 Team é uma equipa de automobilismo que disputa o Campeonato do Mundo de F1.
Fundada em 1913 por Robert Bramford e Lionel Martin, dois londrinos que usaram um velho Isotta Fraschini, como base, para construírem o primeiro Aston Martin numa garagem em Kensington. 
No ano de 1921, a Aston Martin começou a disputar corridas de automóveis, mas foi na década de trinta que a marca britânica se destacou no automobilismo quando venceu as 24 Horas de Le Mans em 1931, 1932, 1933, 1935 e 1937. Com o início da Segunda Guerra Mundial, em 1939, as corridas estiveram interrompidas durante largos anos. Quando a paz voltou, a Aston Martin continuou a sua aventura no automobilismo e, sob a direção de David Brown, conquistou a vitória nas 24 Horas de SPA-Francorchamps em 1948. Na década de cinquenta, a marca inglesa manteve a senda vitoriosa e em 1957 conquistou a primeira de três vitórias consecutivas nos 1000 km de Nurburgring. Em 1959, voltou a vencer as 24 Horas de Le Mans com a dupla de pilotos Roy Salvadori e Carroll Shelby. Foi ainda no ano de 1959, que David Brown, decidiu levar a Aston Martin para a F1.
No dia 31 de Maio de 1959, no Grande Prémio da Holanda, a Aston Martin estreou-se no Campeonato Mundial de F1 com Roy Salvadori e Carroll Shelby a serem os pilotos, tendo ambos desistido com problemas de motor. Na corrida seguinte em que participaram, em Inglaterra, Shelby voltou a ter problemas no seu carro, mas Salvadori terminou a corrida no 6º lugar, o mesmo resultado que conseguiu no circuito de Monsanto, onde se disputou o Grande Prémio de Portugal e onde Shelby terminou no 8º lugar. A próxima prova da Aston Martin foi o Grande Prémio de Itália, em Monza, onde Shelby terminou a corrida no 10º lugar e Salvadori desistiu com problemas de motor.
Em 1960, a Aston Martin manteve Roy Salvadori e o francês Maurice Trintignant substituiu Carroll Shelby. Nesse ano a marca britânica apenas disputou o Grande Prémio de Inglaterra, onde Trintignant terminou no 11º lugar e Salvadori desistiu.
Depois desses dois anos, com resultados muito abaixo do esperado em que não conseguiu um único ponto, a Aston Martin decidiu retirar-se da F1 para se focar exclusivamente nas corridas de resistência.
Em Janeiro de 2020, Lawrence Stroll, proprietário da equipa de F1 Racing Point, adquiriu 16,7% das ações da Aston Martin e ainda realizou um investimento financeiro na marca inglesa. Ficou ainda acordado que a Aston Martin iria regressar à F1 em 2021, com a equipa Racing Point a ser rebatizada para Aston Martin F1 Team. 
O dia 28 de Março de 2021, marcou o regresso da Aston Martin à F1 no Grande Prémio do Bahrain, com Lance Stroll e Sebastian Vettel a serem os pilotos escolhidos. Nessa primeira corrida da temporada, Stroll conseguiu o 10º lugar e conquistou o primeiro ponto da equipa na F1. Na quinta prova do campeonato, no Mónaco, pela primeira vez ambos os pilotos terminaram a corrida nos lugares pontuáveis, com Vettel no 5º lugar e Stroll no 8º posto. Na prova seguinte, no Azerbaijão, Sebastian Vettel terminou a corrida no 2º lugar e assim conquistou o primeiro pódio da Aston Martin na F1.
A Aston Martin está envolvida na F1 há 4 anos. Disputou 35 Grandes Prémios e conquistou 1 pódio.

Sem comentários: