18 de novembro de 2020

PORTIMÃO


O Autódromo Internacional do Algarve é um circuito de automobilismo e motociclismo localizado na freguesia de Mexilhoeira Grande a 16 quilómetros de Portimão, Portugal.
Em 2002, foram apresentados os planos para a construção de um circuito no algarve, que foram aprovados três anos mais tarde pelo Ministério da Economia e pelo Ministério do Ambiente. Apesar da oposição de vários partidos políticos, a Assembleia Municipal de Portimão disponibilizou dois lotes de terreno totalizando 800 hectares para o novo circuito. 
Em Fevereiro de 2008, foram apresentados os planos finais do circuito, numa cerimónia solene presidida pelos Ministérios da Economia e Inovação, Juventude e Desporto, juntamente com o Presidente da Câmara de Portimão e o director do projecto do circuito, Paulo Pinheiro. O circuito desenhado pelo arquiteto Ricardo Pina apresentava um traçado moderno de velocidade mista, indo em acordo com os padrões da FIA e da FIM, incluindo mudanças bruscas de elevação, o que valeu o efeito de "montanha-russa". 
Os planos incluíam uma pista de karting, um parque tecnológico, um hotel de cinco estrelas, complexo desportivo e apartamentos. O circuito com capacidade para cem mil espectadores, incluía ainda uma torre VIP com quinze mil lugares.
Em apenas sete meses e de forma impressionante, o autódromo e os edifícios auxiliares ficaram prontos, com um custo de 195 milhões de euros. 
No dia 11 de Outubro de 2008 o circuito foi homologado pela FIM e dois dias mais tarde pela FIA. 
A inauguração do Autódromo Internacional do Algarve aconteceu no dia 2 de Novembro desse mesmo ano e teve a presença do então Ministro da Economia, Manuel Pinho. Nesse dia realizou-se a ultima prova do Campeonato do Mundo de Superbikes. Em Dezembro o circuito recebeu as equipas McLaren e Honda, que ali realizaram os seus testes de inverno.
Desde 2008, já passaram pelo Autódromo do Algarve cerca de 70 provas internacionais, entre elas o Campeonato do Mundo de Superbike, Testes de Fórmula 1, A1GP, GP2 Series, Le Mans Series, FIA GT1 Championship, Superleague Formula, Campeonato de Espanha de GT, International GT Open, Algarve Classic Festival, FIM CEV Repsol International Championship, Blancpain GT Series, TCR International Series e o MotoGP.
Em Julho de 2020, foi anunciado que o circuito iria receber o Grande Prémio de Portugal de F1 e no fim de semana de 23 a 25 de Outubro os monolugares de F1 estavam em Portimão para disputar a 12ª prova do campeonato. Lewis Hamilton ao volante de um Mercedes começou por obter a pole-position ao ser o piloto mais rápido a percorrer os 4.653 quilómetros, com o tempo de 1 minuto, 16 segundos e 652 milésimos. Na corrida o piloto britânico não deu grandes hipóteses aos seus adversários e depois de realizar a volta mais rápida, conquistou a vitória com uma vantagem de mais de 25 segundos para o segundo classificado, o seu companheiro de equipa, Valtteri Bottas. Hamilton conquistou o seu 92º triunfo na F1 e tornou-se no piloto com mais vitórias na categoria máxima do desporto automóvel, fazendo assim história no Autódromo Internacional do Algarve. 
Sérgio Perez, em Racing Point-Mercedes, foi o piloto que efectuou a velocidade máxima registada pela FIA durante o Grande Prémio de Portugal, com 341,9 quilómetros por hora.
Depois da corrida foram vários os pilotos e engenheiros a elogiar o circuito algarvio. Charles Leclerc disse que a pista é espantosa. Sebastian Vettel afirmou que o circuito é agradável, já Lewis Hamilton mencionou que Portimão é extremamente desafiante e Pierre Gasly declarou que nunca sentiu nada igual num F1.

Sem comentários: